top of page

“CORTEJO XIROLÉ NAS CÁPSULAS BRINCANTES”ACONTECE NO PRÓXIMO DIA 21 DE AGOSTO

         No próximo dia 21 de agosto, sábado, às 20h, acontece a apresentação do "Cortejo Xirolé nas Cápsulas Brincantes" e o vídeo documental que mostra todo o processo criativo da web residência do Projeto Xirolé.


O termo Xirolé (xilogravura + parangolé) tem referências nas obras Parangolé e o Manto da Apresentação, que homenageiam os artistas Hélio Oiticica e Arthur Bispo do Rosário, respectivamente. A iniciativa é do Coletivo Xirolé (@xirole2021), selecionado no Edital Marcopolo, através da Lei Aldir Blanc nº 14.017/2020.

O intercâmbio de artes e cultura, através da Residência Artística Xirolé, surgiu a partir do Atelier Parque Caminho das Serpentes Encantadas, localizado no município de Morro Reuter, no Rio Grande do Sul, uma ação estrutural para o desenvolvimento da economia criativa a partir do potencial da região e dos artistas envolvidos.


As artistas Cláudia Sperb e Susie Prunes convidaram artistas dos coletivos de Rio Grande do Sul, Santa Catarina e Rio de Janeiro para uma web residência com a intenção de provocar relações de habilidades artísticas, em suas residências, carinhosamente batizadas de “cápsulas brincantes”, através das técnicas da xilogravura e do bordado, promovendo uma rede que dialoga entre a cultura popular e o contemporâneo. A antropóloga Deise Lucy Montardo desenvolveu pesquisa sobre as referências culturais da região do Morro Reuter, com o propósito de potencializar o diálogo entre os agentes culturais.


Os xiroleiros acompanharam e executaram, na web residência do dia 29 de junho, em suas cápsulas, as técnicas da impressão xilográfica em tecido ministradas por Sperb e Prunes.

Com um esquete que homenageia o Arthur Bispo do Rosário, o artista provocador Paulo Davi Paulinho Marques iniciou, no dia 07 de julho, a web residência, apresentando a beleza e sensibilidade dos seus bordados. A web residência contou também com as lives Provocação 1 do coletivo Engenho do Zé, de Florianópolis; Ninho, pela artista provocadora July Lockley; Caixa Cênica, pelo coletivo Xirolé; e Brinquedos Sonoros, ministrado pelo mago dos brinquedos, Deneir, do Rio de Janeiro. Manifestações de poesias, esquetes de teatro e composição de músicas também fizeram parte do cardápio de trocas e emoções.


O cortejo é a celebração da obra coletiva, que compartilha as vivências do processo criativo permeada de brincadeiras, afetos e linguagens articuladas pelo grupo de xiroleiros nas suas cápsulas.

Participam do Projeto, os xiroleiros Susie Prunes, Cláudia Sperb, Paulo Davi Paulinho Marques, Denizeli Cardoso, Deneir Martins, João Lima, Cassiano Pellenz, Eduardo Izquierdo, Beto Rodrigues, Zé Serpa, Valéria Binatti, Lucy Montardo, Edneia Dias, Zé Dias, Andrei Pereira, Julie Lockley, Alyne Arins e Tio Erik.


Imagens de Beto Rodrigues e Eduardo Izquierdo. Realização de Cláudia Sperb, Atelier Susie Prunes, Paulo Davi Paulinho Marques, Engenho do Zé, Lei Aldir Blanc, Fundação Marcopolo e SEDAC RS. Produção executiva de Denizeli Cardoso e Cirino Prunes Jr.




O QUÊ: “Cortejo Xirolé nas Cápsulas  Brincantes” – resultado da

Residência Artística Xirolé.

QUANDO: 21 de agosto de 2021, sábado, às 20h.

ONDE: Canal YouTube Xirolé.


15 visualizações0 comentário

Comments


bottom of page