top of page

Começou o Porto Verão Alegre 2021

Programação Gratuita do Porto Verão Alegre começa neste domingo, 30 de maio. Lives e atividades gratuitas integram a programação da 22ª edição do festival, que acontecerá entre os dias 29 de maio e 22 de junho.


A transmissão online de todos os espetáculos que integram o PVA 2021 incentivou a organização de atrações gratuitas também online e nas redes sociais do festival.

PROGRAMAÇÃO INFANTIL


Durante toda a edição do festival, a partir do domingo, 30 de maio, ficará disponível no Facebook/portoveraoalegre.com.br A história do Peter Pan, através da iniciativa de contação de histórias “Contos da vovó Zéti”, conduzido pela atriz e diretora Suzi Martinez.


Neste projeto, Suzi resgata o clássico na figura de uma avó que encontra as histórias em antigos livros de seu galpão e traz vida aos personagens mesclando narração e teatro de sombras. A gravação do conto “Peter Pan”, de James Matthew Barrie, por meio do projeto contação de história “Contos da vovó Zéti”, contará com audiodescrição* e libras, e tem duração de 20 minutos.


A história é de Peter Pan, um menino mágico que mora numa terra encantada com fadas, piratas, índios, crianças que foram abandonadas e um terrível crocodilo que já experimentou carne humana. Wendy, João e Miguel são crianças cheias de obrigações que moram numa grande cidade. Convidados por Peter a visitarem A Terra do Nunca, onde poderão ser crianças para sempre. Lá viverão aventuras inesquecíveis que carregarão por toda a vida, porque, afinal, é preciso crescer.


Além disso, a criançada poderá participar de uma oficina A Gente Que Fez – Oficina Online de Teatro e Design Básico Para Crianças, que acontece a partir de segunda-feira, 31 de maio, até 23 de junho. Serão duas turmas com até 15 crianças com idades entre 06 e 09 anos, que terão oito aulas, às segundas-feiras e quartas-feiras, com uma hora de duração. As aulas acontecem às 14h e às 15h. Mais informações e inscrições pelo link: https://forms.gle/m8Bzm9eNhpYkaETu8 A Gente Que Fez é uma oficina online ao vivo e gratuita, transmitida via plataforma digital, ministrada pela atriz e educadora teatral Lisiane Medeiros. Através de jogos teatrais e do conceito pedagógico da brincadeira como parte da construção das relações sociais e como estímulo criativo, utiliza o ambiente familiar ou a sala de aula como espaço de expressão artística, afetividade e muita diversão. Conta com jogos de improviso, contação de histórias, teatro de objetos, consciência espacial e corporal, brincadeiras de atenção, concentração, foco e desinibição. E se propõe a ser um espaço virtual para a plena expressão da infância.

LIVES NO INSTAGRAM

A tradicional parceria com a Sigmund Freud Associação Psicanalítica permanece nesta edição. Com a ideia de debater Arte e Psicanálise, Div(ã)gando com Arte será uma série de lives que reunirá psicanalistas e artistas para debater sobre cinema, teatro, literatura infantil, música e sua relação com a psicanálise. Serão três encontros com temáticas diferentes.

O cronograma das lives Div(ã)gando com Arte é este:

  • 01/06 (terça-feira), às 19h - Cinema, Teatro & Psicanálise com Werner Schunemann e Daniela Weber Bratz

  • 10/06 (quinta-feira), às 19h - Literatura Infantil & Psicanálise com Caio Ritter e Lucas Krüger

  • 17/06 (quinta-feira), às 19h - Música & Psicanálise com Kledir Ramil e Felipe Canterji Gerchman

Saiba mais sobre os participantes:

*Werner Schunemann é ator e cineasta brasileiro. Iniciou sua carreira no teatro. Em seguida, atua como diretor e roteirista, tendo produzido obras que renderam prêmios no circuito cinematográfico do Sul do Brasil. Tornou-se nacionalmente conhecido com seu papel como general Bento Gonçalves da Silva, na minissérie A Casa das Sete Mulheres (2003) da Rede Globo.


*Daniela Weber Bratz é psicanalista, membro efetivo da Sigmund Freud Associação Psicanalítica, integrante da comissão científica da SIG.


*Caio Riter é professor, mestre, doutor em Literatura Brasileira e tem pós-doutorado em Escrita Criativa. Autor de vários livros, com os quais recebeu algumas distinções literárias, como o prêmio Açorianos, o Barco a Vapor, o Orígenes Lessa, o Ofélia Fontes, o AGES: Livro do Ano e Selo Altamente Recomendável, entre outros. Possui vários livros publicados, entre eles A filha das sombras, O rapaz que não era de Liverpool, Meu pai não mora mais aqui, Sete patinhos na lagoa, Os fantasmas da igreja e Três dias e mais alguns.


*Lucas Krüger é psicanalista de adultos e crianças, Membro Efetivo da Sigmund Freud Associação Psicanalítica e Membro do Grupo Brasileiro de Pesquisas Sándor Ferenczi. Autor dos livros de poesia ‘’O Sonho da vírgula’’ (2015), ‘’Homenagem à nuvem’’ (2017) e do infantil ‘’A careca do galo (2018). É organizador/autor do livro “Interlocuções na fronteira entre psicanálise e arte” (2017), diretor das publicações ‘’Série Escrita Psicanalítica’’, tradutor e organizador da obra ''Sonhos, sintomas e melodias'', com seleção de textos de Sándor Ferenczi e da obra “Sonho e mito: um estudo sobre a psicologia dos povos”, de Karl Abraham.

*Kledir Ramil - Começou a estudar música muito cedo e, ao chegar à universidade, fez curso de Composição e Regência, além de Engenharia Mecânica. Nos anos 1970, criou, com alguns amigos, sua primeira banda (Almôndegas). Com os discos e os shows, veio a mudança para o Rio de Janeiro. A partir de 1980, formou com seu irmão a dupla Kleiton & Kledir. Lançaram vários discos e colecionaram inúmeros sucessos. Em 2012 lançaram seu primeiro trabalho para crianças, o CD/DVD Par ou ímpar, reconhecido como Melhor Disco Infantil no 24o Prêmio da Música Brasileira. Em 2003, Kledir estreou no campo literário com a publicação de Tipo assim, uma coletânea de crônicas. Em 2006, lançou seu segundo livro, O pai invisível. Nos últimos anos tem publicado textos como colunista do jornal Zero Hora, do Brazilian Voice (USA) e do site O Fuxico.

*Felipe Gerchman é psicólogo, membro associado da Sigmund Freud Associação Psicanalítica e mediador do grupo de investigação Arte e Psicanálise.

*Liza Corso é psicóloga, membro associado da Sigmund Freud Associação Psicanalítica e mediadora do grupo de investigação Arte e Psicanálise.

Outro conjunto de lives acontecerá às quartas-feiras, com o objetivo de discutir a produção artística neste cenário pandêmico. Elas terão a mediação do jornalista Roger Lerina e a participação de artistas que integram a programação do festival.


Os temas serão os seguintes:


02/06 (quarta-feira), às 18h. Arte-resistência: o papel da cultura na luta por direitos e democracia. Debate sobre o papel da arte na resistência em meio à crise de direitos vivida no Brasil e em outras partes do mundo, agravada pelo contexto pandêmico. Os convidados desta live são o produtor Gustavo Saul e o jornalista Juremir Machado.

09/06 (quarta-feira), às 19h. O que fica? Aprendizados da criação remota que vão mudar o teatro do pós-pandemia. O que deve mudar em um cenário de retorno às peças presenciais? Mais interferências audiovisuais, maior uso de tecnologias em cena, participações remotas, novos formatos? Desta live participam as atrizes Deborah Finocchiaro e Nora Prado.

16/06 (quarta-feira), às 19h. Para sobreviver na pandemia: como grupos seguiram criando a distância? Como os artistas têm passado por esse processo, com ensaios online, adaptações de espetáculos para o digital ou criação de novos formatos. O debate fica por conta do ator e diretor Dilmar Messias e do ator e produtor Rodrigo Kão.

23/06 (quarta-feira), às 19h. 22 anos presente: histórias que marcaram o PVA. Na útima live desta edição histórica do festival, vai celebrar a trajetória do PVA. Roger Lerina vai receber diferentes convidados, um após o outro, para contar histórias, causos, situações vividas em alguma edição passada. Para fecharmos a edição do Porto Verão Alegre, um dia depois do fim, diversos artistas que fizeram a história do festival, nesses 22 anos, passarão por essa live.

Todas as sete lives acontecerão no Instagram do PVA @portoveraoalegre e terão uma hora de duração.

Esquetes Teatrais

Durante o festival, toda terça e sábado, será possível conferir um novo esquete no Instagram do Porto Verão Alegre. Serão representações dos “tipos” de públicos que até então, antes da pandemia, podia se ver nos teatros e nas casas de show. A representação será feita pelo ator Philipe Philipsen.

O PVA 2020 usará as hashtags #PVA22anospresente #portoverãoalegre #pva2021 #pordiasmelhores #teatro #teatrogaucho #teatroemcasa #culturanaquarentena #portoalegre #cultura para estimular o compartilhamento de momentos e informações via página do Facebook https://www.facebook.com/portoveraoalegre e Instagram no @portoveraoalegre.

O 22º Porto Verão Alegre tem a apresentação de Ministério do Turismo, Lei de Incentivo à Cultura e Vero, patrocínio de Corsan, Banco DLL, Sulgás, Zaffari e Grupo RBS. Apoio de BRDE, Mesasul, Panvel e Bravo. Realização Secretaria Especial da Cultura, Ministério do Turismo, Governo Federal, Pátria Amada Brasil.

Sobre o Porto Verão Alegre: criado em 1999 e realizado pela Mezanino Produções, o Porto Verão Alegre se tornou um dos maiores e mais representativos festivais multiculturais do país. Tradicionalmente, é realizada anualmente em Porto Alegre e região metropolitana durante os meses de janeiro e fevereiro. Nos últimos anos, o projeto foi contemplado com o “Prêmio Eva Sopher”, pelo fomento das artes em nosso Estado, e “Prêmio Líderes e Vencedores da Federasul”, na categoria Expressão Cultural, reforçam todo o empenho em elevar a cultura do Rio Grande do Sul a outro patamar.


Toda a programação está disponível no site www.portoveraoalegre.com.br

14 visualizações0 comentário
bottom of page