top of page

3 atrações para o PÓS-CARNAVAL na capital

O carnaval passou e as programações teatrais começam a retomar suas atividades. Logo no mês de março 3 espetáculos se apresentam pela capital.


O primeiro é "Os Males do Fumo", um solo teatral de João Petrillo que reflete sobre temas e emoções comuns à natureza humana como a solidão, a subserviência, as dores individuais. Com a temática do tabagismo como pano de fundo a personagem central revela suas angústias e conflitos propondo ao espectador um jogo de empatia, solidariedade, companheirismo e até mesmo de rejeição e julgamento de suas atitudes.

Os males do fumo
Os males do fumo

Num tom que permeia o humor e o drama o espetáculo sugere inúmeras possibilidades de resolução desde seu princípio até o seu desfecho, um texto de 1887 de Anton Tchekhov que permanece cada vez mais necessário e atual.

A apresentação do espetáculo acontecerá no dia 16 de março, quarta-feira, às 21h no Bar Ocidente.

Os ingressos são limitados (40 lugares) e estão a venda aqui: https://www.entreatosdivulga.com.br/osmalesdofumo


O segundo espetáculo é o pocket show "Gordura Trans" com Heinz Limaverde que assume o papel de mestre de cerimônias conduzindo o público por números de teatro de revista, música, poesia, dublagens, cultura gay, anarquia e muito humor. Citando grandes pensadores ou até gurus de nomes imaginários, cantando pérolas do cancioneiro brega popular brasileiro, dublando clássico da música, interagindo com o público, é assim que o Pocket Show "Gordura Trans" transforma esse momento de encontro entre artista e plateia em um grande festejo Dionisíaco.

Gordura Trans
Gordura Trans

O espetáculo fará duas apresentações, nos dias 23 e 30 de março, quarta-feira às 21h no Bar Ocidente. Os ingressos são limitados (40 lugares) e estão a venda aqui:


O terceiro evento é o espetáculo "Velha D+", um monólogo com a atriz Fera Carvalho Leite. A partir do texto original de Bob Bahlis e de inspirações em Clarissa Pinkola Estés (Ciranda das Mulheres Sábias), Naomi Wolf (O Mito da Beleza), Como Envelhecer (Anne Kaupf), Epícuro e Madonna, a peça trata de questões da mulher relacionadas ao preconceito de idade, a vida profissional x maternidade e tantas outras pressões que as mulheres sofrem ao amadurecer numa sociedade machista e etarista. Na casa na floresta da avó, a personagem que está com mais de 40 anos, está num casamento que sobreviveu à pandemia e perdeu para a COVID-19 a avó que a criou reflete sobre a perigosa distância que existe entre o que sentimos com a passagem do tempo e o que estamos de fato preparados para admitir em relação à isso.

Velha D+
Velha D+

Uma história de uma família de mulheres e um retorno ao refúgio da herança familiar a leva ao encontro com sua alma ancestral e seu espírito jovem e selvagem na busca de sua identidade e de uma bênção para ser quem ela é. Um ritual, uma cura, um movimento para dentro de si para então seguir adiante melhor, mais livre, mais feliz.


As apresentações vão do dia 8 de Março a 2 de Abril no Espaço Livre.


Terça(08/03) a Sábado (12/03) às 19h. Depois a temporada segue de Quintas a Sábados, sempre às 19h. Até 02/04/22 Espaço Livre (Av. Cristóvão Colombo, 901. Bairro Floresta).

Informações sobre ingressos no whatsapp: 51 9192-9572
39 visualizações0 comentário
bottom of page