invariantes
Dias 20 e 27 de Abril
Qua às 18h45 e 20h45

Bar Ocidente
(IN) VARIANTE
RINOCERONTES, PESTES E ASSASSINOS
livre.jpg

Duração:

60 min

Ingressos

Apenas 60 ing. disponíveis

Não há eventos programados no momento
 

Sobre

A Casa de Teatro de Porto Alegre, fundada em 2010 por Zé Adão Barbosa, e em sociedade com Ana Cristina de Oliveira desde 2019, forma mais um elenco, junto ao Curso de Formação de Atores, chamado (in)VARIANTE: Rinocerontes, Pestes e Assassinos. A Turma manhã-2021 desenvolveu um trabalho híbrido, que parte de um vídeo-performance, e que será interferido por ações performativas presenciais do elenco, ocupado espaços do Bar Ocidente, dentro da programação do Projeto Espaçonave, realizado pelo Teatrofídico, criado por Renato Del Campão e coordenado por Eduardo Kraemer.

            Usando como referência a obra O Rinoceronte de Eugène Ionesco, transpondo a ideia de uma epidemia sistêmico-social descrita pela dramaturgia para os dias de hoje, traçando paralelos entre a trama, os personagens e o contexto social durante uma pandemia e o Brasil em 2022. Nas discussões propostas pelo texto, o elenco mergulha em um universo de abstrações subjetivas, encontrando atmosferas que se relacionam com o movimento do teatro do absurdo, proporcionando uma experiência em que a plateia preencha com suas referências outras narrativas relacionadas com a situação: uma epidemia que transforma pessoas em quimeras. Para isso, a parceria entre Bar Ocidente, Teatrofídico e Casa de Teatro de Porto Alegre traz um sentido maior para o trabalho, que corporifica os questionamentos da invenção artística com o histórico de resistência e produção artística de cada envolvido, e tudo o que representa suas existências para a cidade de Porto Alegre e seus artistas. A estética da encenação absorve as máscaras e todos as medidas restritivas da pandemia como conceito de pesquisa e elaboração, pontuando questões em que se ressignificam em 2022 a obra de Ionesco.

            O elenco imergiu em estudo de performance vocal para compor a estética sonora do espetáculo a partir de experiências que borrassem os limites de texto/canto/ritmo criando eles mesmos peças vocais que ressignificam o pensar de Ionesco. O resultado são canções e texturas vocais que remetem a ícones tão díspares quanto contundentes como Gyogy Ligeti, e Arrigo Barnabé.

Sinopse:

Inspirado no texto de Eugène Ionesco, sobre uma pequena cidade, que tem a tranquilidade alterada após o surgimento de um rinoceronte correndo pelas ruas. A encenação faz uma transposição análoga para um Brasil de 2021, sobre opressões camufladas de opiniões, polarização, crises sanitárias e políticas, em cruzamento de pandemia biológica e sistêmica-social.

Ficha Técnica:

Direção: Carlota Albuquerque, Everton Rodrigues, Larissa Sanguiné

Design de Som e Arranjos Musicais: Everton Rodrigues

Orientação: Zé Adão Barbosa, Denis Gosch, Everton Rodrigues, Filipe Matzembacher, Francisco Gick, Larissa Sanguiné e Marcio Reolon

Textos: Eugène Ionesco, Alan Turing, Paul Preciado e Elenco

Dramaturgia: Larissa Sanguiné, Ana Clara Tittoni, Carlos Fernando, Fae de Souza, Evyn Goulart, Nina Braga, Zeca Neto.

Elenco: Ana Clara Tittoni, Carlos Frizzo, Evyn Goulart, Fae de Sousa, Isabella Magedanz Pesce, Laysa Mary, Micka Pecktor, Nina Braga, Paula Quirino, Petterson Procópio e Zeca Neto.

Captação e Edição de Imagens: Pablo Montiel e Victória Sanguiné

Assistência de captação de Imagem: Victor Souza

Captação e Edição de Áudios: Everton Rodrigues

Criação de Figurino: Larissa Sanguiné e Thais Diedrich

Monitoria: Carla Freitas, Clara Pohlmann, Laura Silveira, Leandra Krüger, Mariana Aguiar, Pablo Montiel e Victória Sanguiné

Direção de produção: Juliana Kersting

Assistência de produção: Thainan Rocha

Divulgação: Casa de Teatro de Porto Alegre e o Elenco

Divulgação nas Redes Sociais: Nathália Severo

Divulgação e Assessoria de imprensa: Liane Strapazzon

Sócio Fundador: Zé Adão Barbosa

Sócia Administradora: Ana Cristina de Oliveira

Coordenação Pedagógica: Larissa Sanguiné

Gerência Administrativa: Carla Cézar

Gerência Financeira: Silvana Maia

Secretaria e Comercial: Helena Sá e Cássio Caetano

Realização: Casa de Teatro de Porto Alegre

 

SOBRE A CASA DE TEATRO:

            A Casa de Teatro foi fundada em 2010, e desde então revela-se um dos mais relevantes espaços de formação de atrizes e atores do Estado do Rio Grande do Sul, e está entre as maiores escolas de Teatro do País. A Escola instrumentaliza alunas e alunos, propondo experiências em atuação para Teatro, Cinema e TV, Dança, Musicalização, Dramaturgia, com cursos específicos e professores especializados e muito bem capacitados.

 

SOBRE O CURSO FORMAÇÃO DE ATORES:

            O Curso de Formação de Atrizes e Atores da Casa de Teatro existe desde 2011, e tem reconhecimento do Sindicato dos Artistas e Técnicos em Espetáculos de Diversões do Rio Grande do Sul – SATED-RS através do Selo Verde. O curso capacita a formação de artistas profissionais e com qualificação técnica, preparando para os diversos campos das artes cênicas. Com componente curriculares práticos e teóricos sobre a criação da cena para teatro, cinema, TV e performance, vídeo-performance, vídeo-dança amparados pelas disciplinas de produção cultural, a fim de ampliar suas possibilidades de descobertas e escolhas.

Para informações acesse o site www.casadeteatropoa.com.br

Avisos

 

INGRESSOS LIMITADOS | apenas 60 ing. disponíveis.

Fique atento ao e-mail cadastrado na compra. 

Valores antecipados são promocionais.

+ Fotos

 
 

Dúvidas

 (51) 9 99848922

RECEBA A AGENDA DE ESPETÁCULOS DA ENTREATOS